18 Julho 2023

O que é gastroenterite? Conheça sintomas, causas e tratamentos

Inflamação no estômago e no intestino pode causar quadros de dor abdominal, vômito e diarreia; saiba como prevenir este problema

Tudo parece estar bem até que surge o seguinte quadro: dor abdominal, náusea, vômito, diarreia e, em alguns casos, febre. Estes são os principais (e repentinos) sintomas da gastroenterite, uma inflamação no trato gastrointestinal que pode ser provocada por vírus, bactérias e parasitas.

Esses patógenos são transmitidos principalmente pelo consumo de líquidos e alimentos contaminados, causando intoxicação alimentar — problema que, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), afeta 600 milhões de pessoas e mata 420 mil todos os anos.

Em geral, qualquer pessoa pode ter um quadro de gastroenterite, afirma Cristiane Boé, coordenadora do Departamento de Gastroenterologia do Hospital Infantil Sabará (SP).Mas são mais comuns os casos em bebês e crianças, cujo sistema imunológico ainda está se desenvolvendo.

A falta de acesso ao saneamento básico e a má alimentação são alguns dos fatores que podem contribuir para a ocorrência dos casos. A seguir, entenda como a doença pode se manifestar e ser prevenida.

Diagnóstico

Como mencionado, a gastroenterite pode ter diversas causas — e cada uma delas provoca um quadro clínico diferente.

Na maioria dos casos, o diagnóstico pode ser determinado com base nos sintomas e na evolução do indivíduo.

Exames laboratoriais são solicitados se o quadro não progredir conforme esperado pelos médicos.

Na avaliação clínica, são levadas em conta principalmente a consistência e a persistência das evacuações.

As diarréias que duram até duas semanas são consideradas agudas e, até um mês, persistentes. Caso haja mais de três episódios em dois meses, o caso é crônico.

Causas e sintomas da gastroenterite

Provocado principalmente pelos rotavírus e norovírus, este é o tipo mais comum de gastroenterite.

Conhecida também como “virose“, a gastroenterite viral tem início abrupto.

Uma característica importante dos quadros virais é que as evacuações são mais líquidas, o que pode levar à desidratação.

Fonte: Saúde Abril

Voltar